Amambai torna-se rota do desenvolvimento em acordo fechado entre Brasil e Paraguai

Dentre os 79 município de Mato Grosso do Sul, Amambai foi o único que contou com representantes na ‘9ª Expo Paraguay’

30/10/2017 15h00 - Por: Joaz B. Menezes

 
fotos: Divulgação fotos: Divulgação

A participação de Mato Grosso do Sul na 9ª Edição da Expo Paraguay Brasil com uma delegação composta por 40 empresários sul-mato-grossenses de diversos segmentos, resultou no alavancamento de relações comerciais e institucionais entre o Estado e o país vizinho além de render o prêmio de melhor estande governamental no evento. A Expo foi realizada de 23 a 25 de outubro, no Sheraton Hotel, em Assunção.

Amambai contou com representantes no evento, o Diretor de Indústria e Comércio, Paulo Rogério e o Vereador Draci José trouxeram excelentes noticias para Amambai. Segundo o Diretor e o Vereador, Amambai torna-se definitivamente parte da rota do desenvolvimento em acordo fechado entre o Governo Brasileiro e Paraguaio.

Com a finalização da autoestrada que liga a Capital paraguaia, Asunción a Capitán Bado e as melhorias que deverão acontecer entre Cel. Sapucaia a Campo Grande, os governos estabeleceram o trajeto como a ‘ruta Del desarrollo’ (Rota do Desenvolvimiento). A Notícia fortalece o município amambaiense como a cidade empreendedora.

O Prefeito de Amambai, Dr. Bandeira, lembra que desde o início da sua gestão tem trabalhado duro para colocar Amambai em destaque no setor econômico estadual e nacional. "Trabalhamos muito para Amambai crescer e trazer realização para nossa população com novos postos de trabalho (...) Tornar-se parte da Rota do desenvolvimento deverá trazer novas empresas para nossa cidade, tendo em vista que em 2017 Amambai tornou-se também a Cidade que mais cresce no Conesul", disse o Prefeito.

Êxito empresarial e governamental

A Expo foi realizada de 23 a 25 de outubro, no Sheraton Hotel, em Assunção e ofereceu visitas técnicas para que os empresários conhecessem os serviços de armazenamento, distribuição, logística, além de assistir a palestras sobre legislação paraguaia. Nos dias 24 e 25 foi realizada a Ruedas de Negócios, que promoveu 1644 reuniões entre empresários brasileiros e paraguaios, com volume de negócios estimado em US$65,8 milhões, em importações, exportações e acordos comerciais, em sua maioria de médio prazo.